terça-feira, fevereiro 03, 2009

DICAS PRA QUEM QUE ESTÁ DE "DIETA"


Dicas do blog http://contandopontos.blogspot.com/
Jejum prolongado
Ficar muito tempo sem comer é um dos principais erros de quem faz regime. Segundo Flávia, um longo período sem se alimentar gera uma ansiedade maior e, por conta disso, quando fizer a próxima refeição, a pessoa vai acabar comendo mais do que comeria normalmente.

Deixar de comer carboidrato ou proteína
Em hipótese alguma se deve deixar de comer qualquer substância por muito tempo. A proteína, por exemplo, fortalece as unhas e os cabelos, e sua falta os torna bastante quebradiços. O carboidrato, por sua vez, ajuda a aumentar a massa muscular. "Se for retirado da alimentação, o organismo passa a buscar outras fontes de energia, atacando o músculo e a gordura. Assim, perde-se massa muscular e causa flacidez", ressalta Flávia. Portanto, a nutricionista aconselha uma alimentação balanceada, com as mais diversas substâncias, mas em quantidades reduzidas.

Trocar uma refeição por frutas
Muita gente acredita que comer apenas frutas durante uma refeição é muito mais saudável do que um prato de comida. Mas a nutricionista alerta que esse é um erro grave, porque o almoço e o jantar devem ter um valor energético alto. Sendo assim, devem ser compostos por diversos alimentos, não se restringindo apenas às frutas.

Pular refeições
Segundo Flávia, grande parte das pessoas costuma eliminar o café da manhã sem saber a importância dessa refeição para o organismo. "O café da manhã é a base energética para o dia. Se não for realizado, o corpo deixa de fazer a liberação de glicose adequada e suficiente para o dia todo", explica. Assim como a primeira refeição, quem pula o almoço também prejudica o organismo. "O perigo vem à noite, quando compensa todas as refeições no jantar. É um período em que não há gasto de energia e, por isso, pode provocar um aumento de peso e ganho de gordura", completa a nutricionista.

Petiscos
Comer um pacote de bolacha, tomar uma garrafa de suco e beliscar outros aperitivos. Dificilmente alguém nunca ficou petiscando antes de alguma refeição. Flávia afirma que petiscar não é problema, mas torna-se ideal determinar o horário e a quantidade a ser ingerida. "As pessoas devem comer a cada três horas. Então, é preciso estipular mais ou menos um horário e separar, por exemplo, quatro bolachas. Assim ela controla quanto está comendo e não fica muito tempo sem se alimentar", ressalta. A nutricionista ainda reforça que o correto é fazer as três refeições principais (café da manhã, almoço e janta), intercalados com os lanches rápidos que podem ser um iogurte, três bolachas integrais ou frutas com iogurte, por exemplo.

Comer muito rápido
De acordo com a nutricionista, 90% das pessoas se alimentam muito depressa. "Isso é ruim porque não traz a sensação de satisfação assim que terminada a refeição", afirma. Flávia explica que demora cerca de 20 minutos para o estômago enviar uma mensagem ao cérebro informando que já está satisfeito. Se uma refeição.

Comer muito rápido
De acordo com a nutricionista, 90% das pessoas se alimentam muito depressa. "Isso é ruim porque não traz a sensação de satisfação assim que terminada a refeição", afirma. Flávia explica que demora cerca de 20 minutos para o estômago enviar uma mensagem ao cérebro informando que já está satisfeito. Se uma refeição é feita em 10 minutos, não dá nem tempo de informar o cérebro sobre a satisfação alimentar e a pessoa já está com vontade de comer de novo. Por isso que muitos apelam, nessas horas, para os petiscos.

Não beber água
Água é essencial para hidratar o corpo e ajudar no controle da fome. Não beber ou ficar muito tempo sem ingerir e depois tomar vários copos seguidos de uma só vez acaba sendo prejudicial ao organismo. "É importante beber água constantemente e controlar pelo xixi se a quantidade do líquido no organismo está suficiente: a urina deve ser sempre clara e sem cheiro forte”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador de Visita