sábado, agosto 29, 2009

Você se cuida de verdade??

Confesso que esta semana esse assunto "beleza" ficou rondando pela minha cabeça... fico aqui procurando novidades sobre beleza e saúde.
afinal ta hora de começar a se cuidar e usar creminhos e muitas  coisas. A única coisa que eu to  usando foram as maquiagens, mesmo assim diminui muuuito.
Eu tenho 01 caixas  de cremes, pro corpo, cabelo e etc.. e maquiagens.
Hoje eu dei um pulinho na rua pra comprar um hidratante, pois tenho a pele ressecada e estava sentindo falta.
Fiquei um tempão na farmácia cheirando um montão de embalagens, porque eu vou pelo cheiro, sabem?? Depois de achar um perfume que me agrade leio o rótulo, se valer a pena eu trago. Vi da Dove, Nívea, Monange, Muriel, Davene... muuitos, mas me apaixonei por um da Johnson e Johnson de lavanda com camomila, Uauu. Que delícia. Além de pele com cheirinho de neném, é relaxante!
falta tempo pra arrumar  minhas caixinhas. Fiz a limpa mesmo, tanto na maquiagem como nos cremes. Bateu uma dorzinha, pois tive que jogar umas 3 embalagens de cremes variados cheinhos fora, porque tinham passado da validade... Viu, comprei e nem usei :(Mas me decici que o dia de beleza tem que ser todos os dias. Não adianta ficar magra e saudável. Tem que ficar magra saudável e linda. Então decidi que vou usar meus creminhos todos os dias, e os cuidados com unhas, sombrancelhas, cabelos e depilação será semanalmente!!
Vou colocar abaixo os creminhos que pretendo usar, depois coloco as fotos, ok?
-Creme hidratante e iluminador para área dos olhos - Forever (noite);
-Creme hidratante de lavanda com camomila p/ corpo- Johnson e Johnson (dia);
-Creme para mãos - Natura Ekos (dia);
-Manteiga hidratante p/ lábios- Forever (dia/ noite);
-Creme hidratante com colágeno e filtro solar p/ rosto - Avon (dia)
-Oléo de amêndoas p/ corpo e pés- Sève Natura
*Tem mais alguns para cuidar dos cabelos, fazer esfoliação e outras coisas, mais os que estão listados acima vou usar todos dias !!!
Meninas, Nen fui mas visitar a  balança mas to querendo ir hoje. Huuhuuhhlll !!!
>> Então é isso, não tenho costume de postar nos fins de semana achei que seria um assunto bem legal !! Espero que tenham gostado

quarta-feira, agosto 26, 2009

Chá verde Adoro!!!


Chá verde]
As mil e uma virtudes do chá verde
As virtudes medicinais do chá são de conhecimento milenar, especialmente seu efeito estimulante. Mas hoje, a ciência está comprovando suas propriedades terapêuticas e cosméticas. E isso está acontecendo com o chá verde (também conhecido como banchá), considerado atualmente um aliado da saúde por ser rico em flavonóides – substâncias antioxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento celular precoce. Também está comprovado que o chá verde ajuda a diminuir as taxas de colesterol e ativa o sistema imunológico. A Sociedade Brasileira de Médicos Antroposóficos vai mais além e defende que consumir chá verde regularmente ajuda a prevenir alguns tipos de câncer, artrose, aterosclerose e outras doenças degenerativas. As virtudes do chá verde na prevenção do câncer vêm do fato de que ele é rico em bioflavonóides e catequinas, substâncias que bloqueiam as alterações celulares que dão origem aos tumores.
Além de conter manganês, potássio, ácido fólico e as vitaminas C, K, B1 e B2, ajuda a prevenir doenças cardíacas e circulatórias por conter boa dose de tanino: o consumo diário desse chá diminui as taxas do LDL (colesterol que faz mal à saúde) e fortalece as artérias e veias.
Mas as boas notícias não acabam aí: está comprovado que o chá verde acelera o metabolismo e ajuda a queimar gordura corporal. Um dos estudos foi realizado na Suíça com três grupos de pessoas que seguiram a mesma dieta. O resultado: o grupo que recebeu chá verde teve aumento de 4% na velocidade de combustão das calorias no organismo e de 5% na queima de calorias em relação aos outros dois grupos pesquisados. Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, demonstrou que extrato de chá verde – que possui altas concentrações de antioxidantes como catequina, polifenóis e muitos outros compostos incluindo cafeína – pode aumentar a utilização de energia muito acima dos efeitos da cafeína pura.
Pesquisadores acreditam, ainda,que o hábito de beber chá em vez de café é um dos fatores responsáveis pelo menor índice de infarto em países do Oriente. E como se não bastasse, comprovou-se também que as substâncias presentes no chá verde ajudam a prevenir cáries, têm ação antiinflamatória e antigripal, ativam o sistema imunológico e regeneram a pele. Os princípios curativos e regeneradores da Camellia sinensis enriquecem os cosméticos que prometem recuperar o viço da pele e dos cabelos. Tanto que as indústrias de cosméticos incluem os extratos das folhas em fórmulas de produtos como cremes e loções. Substâncias presentes na Camellia sinensis também dissolvem gorduras e são eficazes no tratamento de celulite e gordura localizada.
E para e pele mais um benefício: por ser rica em tanino, substância com propriedades anti-séptica e adstringente, a planta é indicada também para limpar e equilibrar peles oleosas. Na edição de 3 de março de 2004, a Revista Veja publicou uma matéria anunciando a mais recente novidade que aumenta a lista de benefícios do chá verde. Ainda na área da dermatologia, a novidade é que o chá verde pode proteger contra os efeitos nocivos do sol. Segundo a revista, “o assunto foi um dos mais comentados do último congresso da Academia Americana de Dermatologia, por causa de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Nova Jersey”. Eles descobriram que o chá, transformado em creme, melhora o sistema de defesa das células da pele contra os raios ultravioleta do tipo B, aqueles responsáveis pelo vermelho-pimentão. Ao reduzir a inflamação causada por essa radiação, o chá verde aumentaria a proteção contra o câncer de pele. A descoberta pode ser o ponto de partida para a produção de uma nova família de loções.
Por: Rose Aielo Blanco
Quem quiser ver o restante da reportagem, clique aqui !
Chá verde faz bem para a saúde, mas não faz milagre
A bebida possui ação digestiva e diurética, mas os benefícios para a estética e o rejuvenescimento não foram comprovados
Primeiro, foram os “sushis”, os “sashimis” e os temperos à base de “shoyu”. Agora é a vez do igualmente oriental chá verde se popularizar no Brasil. Mais que o sabor bem amargo, o que tem seduzido os brasileiros são as qualidades medicinais atribuídas a essa bebida, consumida avidamente por japoneses e chineses há centenas de anos. Pegando carona no aumento do interesse e do consumo, até a indústria de cosméticos resolveu transformar o chá verde em ingrediente.
Antes restrito às lojas de produtos naturais, o chá verde já é facilmente encontrado nos supermercados -ao natural e até em versões com sabor, como pêssego, laranja e menta. Preferido dos chineses, o chá verde tem a mesma origem do seu vizinho de prateleira, o chá preto. Os dois e também o “ban chá”, consumido mais pelos japoneses, são produzidos a partir da planta Camellia sinensis.
É a preparação das folhas para o consumo que os diferencia, explica o médico Mauro Perini, professor do curso de pós-graduação em medicina chinesa da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). Folhas obtidas na primeira fase da desidratação dão origem ao chá verde. O “ban chá” é feito com folhas que passam por duas etapas de desidratação. Já o chá preto é resultado de folhas totalmente ressecadas e aquecidas em forno.
De acordo com Perini, quanto mais desidratada é a folha, mais forte é o sabor da bebida. A propriedade principal dos três chás, explica ele, é a mesma: melhorar a digestão, equilibrando as funções estomacais. “A maioria dos orientais toma o chá verde antes das refeições, preparando o organismo para receber os alimentos”, diz o médico.
Como especialista em medicina chinesa, Perini orienta seus pacientes a adotarem o mesmo hábito, ingerindo uma xícara de chá verde antes do almoço -a principal refeição do dia para os orientais.
Essa quantidade, segundo o médico, é suficiente para que o chá surta o efeito desejado. Exagerar, como sempre, não é uma boa opção, especialmente se a pessoa tiver problemas estomacais.
“Como o chá verde tem muita cafeína, eu peço a meus pacientes que têm gastrite que evitem tomá-lo”, afirma o médico Hong Jin Pai, do Centro de Dor do Hospital das Clínicas (SP). Pessoas que sofrem de úlcera e esofagite de refluxo também devem passar longe da bebida, segundo o gastroenterologista Luis Cláudio Alfaia, da Beneficência Portuguesa, em São Paulo.
A nutricionista Joselaine Stürmer, autora do livro “Comida: um Santo Remédio” (ed. Vozes), dá a receita para evitar a concentração de cafeína na bebida: uma colher de sopa, rasa, de folhas para cada litro de água. As folhas devem permanecer em infusão por dois a três minutos, e o chá deve ser consumido quente ou em temperatura ambiente, sem açúcar nem adoçante. Segundo ela, o chá perde grande parte de suas propriedades ao ser adoçado ou refrigerado.
Em seu livro, a nutricionista incluiu o chá verde na lista dos dez alimentos mais importantes na dieta diária e sugere beber de duas a quatro xícaras por dia. Ela afirma que, por conter substâncias antioxidantes chamadas polifenóis, a bebida é excelente para “limpar” o fígado, órgão que filtra as toxinas ingeridas na alimentação. “O chá verde também ajuda em processos de emagrecimento, porque é um pouco mais diurético que os outros”, diz.
Para driblar o gosto amargo da bebida, Stürmer sugere bebê-la com canela ou algumas gotas de limão. Trocar a preparação convencional por cápsulas de chá verde não é uma boa opção, diz Perini. Segundo o médico, muitas cápsulas não são feitas com o extrato da planta -que é purificado- e podem estar contaminadas com fungos.
Laura DinizFree-lance para a Folha


[Café] – Estimulante imbatível
Como forma músculos – Para ter mais gás durante o exercício anaeróbico (que não usa o oxigênio), caso da musculação, o cafezinho é tiro e queda. “A cafeína é uma substância ergogênica, ou seja, melhora o desempenho, a concentração e a disposição para malhar”, diz Júlio Neves. “Além disso, o café aumenta o uso de gordura corporal para gerar energia”, completa Tamara Mazaracki. Beba de 30 a 60 minutos antes da atividade. Quantidade ideal – “Você pode tomar até dois cafés expressos ou, então, pedir ao seu médico que receite uma fórmula em cápsula”, sugere Júlio Neves. Para quem sofre de úlcera ou algum tipo de doença cardíaca, a bebida é desaconselhada. “Mesmo quem é saudável pode ter distúrbios como arritmias, gastrite, insônia e irritabilidade se ingerir a bebida em excesso”, alerta Fernanda Lima.

A médica Tamara Mazaracki lembra, ainda, que o excesso de cafeína do mate ou do chá verde pode alterar a absorção de minerais e vitaminas.


[Agua] – Um banho de força
Como forma músculos – Oitenta por cento da massa muscular é composta de água. Mesmo uma diminuição tão pequena quanto 2%, por transpiração ou falta de ingestão, pode prejudicar a perfomance. Um estudo realizado na Alemanha dá conta de que quanto mais desidratado seu corpo estiver, mais lentamente ele vai utilizar a proteína para construir músculos. “A perda excessiva de água reduz o consumo máximo de oxigênio, fator importante no desempenho físico”, explica Tamara Mazara-cki. “Um músculo com apenas 3% de desidratação, por exemplo, tem uma perda de 10% na força de contração e de 8% na velocidade de reação. Quando o músculo está desidratado, o cansaço chega rápido.¿ Mesmo em repouso durante 24 horas, você perde 1 litro de água – 400 ml pela respiração e 600 ml através da pele.

Ao se exercitar, essa perda aumenta. Por isso, beba água antes, durante e depois do exercício. “O ideal é beber pequenos goles a cada 10 minutos”, aconselha a nutróloga. “Se você esperar ficar com a boca seca, seus músculos já estarão sofrendo com a falta de água”, completa. Segundo Júlio Neves, a glicose (um derivado do carboidrato também necessário para o ganho de massa muscular) só é incorporada ao músculo na presença de água. “Para cada grama de glicose armazenada no músculo e no fígado, são necessários 3 miligramas de água”, explica.

Quantidade ideal – Varia de acordo com o clima e o treino. “Para saber se você está ingerindo o necessário, observe a cor da urina. Quanto mais clara, mais bem hidratado está o organismo”, ensina Júlio Neves.
por Thais Cavalheiro fotos Alfredo Franco – Boa Forma

quarta-feira, agosto 12, 2009

Hoje vou começar a incluir o chá verde na dieta ...



Hoje vou começar a incluir o chá verde na dieta ...
vamos ver se funciona ;)
.
Entre os vários benefícios para a saúde destacam-se :
1- previne câncer
2- possui poder antioxidante 20x maior que a vitamina E
3- controla a pressão arterial
4- auxilia na perda de peso
5- controla o colesterol
6- protege contra cáries
7- aumenta a densidade mineral óssea
8- reduz a agregação plaquetária
9- protege contra gastrite e infecções gastrointestinais
10- controla a glicemia
.
.
OBSERVAÇÃO :
.
A ADA (American Dietetic Association) sugere o consumo de 4-6 xícaras de chá verde ao dia, a fim de se obter os efeitos acima mencionados. A forma de preparo também deve ser considerada, devendo-se ferver a água até pouco antes da ebulição e despejá-la nas folhas de chá bem devagar e do alto, para agregar oxigênio, o que ajuda na redução do processo oxidativo. A infusão deve ficar abafada por no máximo 2-3 minutos. O armazenamento por longo tempo também não é recomendado, pois ocorre perda dos compostos fenólicos.
.
Rodolfo Anthero de Noronha PeresNutricionista – CRN3/16.389Waldemar Marques Guimarães NetoProfessor de Educação Física - CREF 004810-G/PR
.
FONTE : http://www.sitemedico.com.br/sm/materias/index.php?mat=176
.

Contador de Visita